Empresário é executado com tiro na cabeça em restaurante na Zona Norte de Manaus

O ex-presidiário e empresário Vanderlei Cavalcante Marialva, o “Ceará”, 33, foi executado com um tiro na cabeça, dentro do restaurante dele, na Avenida Curaçao, bairro Nova Cidade, Zona Norte de Manaus, na manhã desta sexta-feira (16).

O irmão do ex-presidiário, autônomo Valdemar Cavalcante, de 32 anos, disse que a vítima estava dentro do restaurante, preparando-se para fazer compras, quando um homem, em um Gol verde, desceu do carro, entrou no estabelecimento comercial e efetuou três disparos contra Vanderlei. “Eu estava fora do restaurante preparando para assar as carnes, quando ouvi os tiros. Ao correr para frente, vi meu irmão morto.

Valdemar disse ainda que o atirador era alto, branco e de bigode. Trajava bermuda jeans e blusa de manga preta. “Ele estava de cara limpa e fugiu assim que atirou”, relatou.

O autônomo disse desconhecer a motivação do crime. “Eu era afastado dele, voltamos a nos falar agora. Não sei se foi assalto ou se havia a intenção mesmo de matá-lo”, disse Cavalcante.

De acordo com um policial, que não quis se identificar, o restaurante do ex-presidiário era usado, no período noturno, para venda de entorpecentes no bairro.

O caso foi registrado na Delegacia Especializada de Homicídios e Sequestros (DEHS) como acerto de contas relacionado ao tráfico de drogas. A Polícia ainda investiga a autoria do assassinato.