Homem suspeito de envolvimento em morte de sargento é morto após confronto com Polícia

MANAUS | Um homem de 25 anos, suspeito de assassinar um sargento da Polícia Militar do Amazonas, morreu baleado após um confronto com policiais militares, na madrugada desta segunda-feira (21), no bairro Nova Cidade, na Zona Norte de Manaus.

Segundo o relatório da ocorrência policial, Moises Pereira dos Santos Braga teria sacado uma arma de fogo no momento que era abordado pelos PMs. Ele foi baleado com três tiros (um na perna, um no braço direito e outro no peito esquerdo. Ele morreu no hospital.

Na manhã de domingo (20), o corpo do sargento da Polícia Militar, Marco Antônio Benjamin da Silva, de 38 anos, foi encontrado dentro de um igarapé, no bairro Nova Cidade. Ele foi morto com três tiros na cabeça e estava enrolado em uma lona.

Após o assassinato, as equipes das Polícias Militar e Civil iniciaram buscas para buscar e prender os envolvidos no crime. Segundo a polícia, o paraense Moises Braga foi identificado como suspeito na morte do sargento.

Por volta de 1h20 da madrugada desta segunda-feira, uma equipe da PM conseguiu localizar o suspeito de matar o sargento em uma casa na rua 29 (atual rua Paulo Andrade), no loteamento Buritis, que também fica situado no bairro Nova Cidade.

Os policiais militares relataram que, ao entrar no imóvel, o suspeito sacou um revólver para atirar contra os PMs e reagiu à ordem de prisão.

Moises Braga foi socorrido e levado para o Hospital Pronto-Socorro (HPS) 28 de Agosto, onde morreu minutos depois. O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico-Legal (IML).

O caso foi registrado como morte por intervenção policial na Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS). O assassinato do sargento é investigado na mesma delegacia.