NÍVEL DO RIO NEGRO EM MANAUS DIMINUI 26 cm EM 13 DIAS

O Rio Negro apresentou diminuição de 26 centímetros em seu nível nos primeiros 13 dias de julho. Na quinta-feira (13), a cota registrada na régua do Porto de Manaus foi de 28,31 metros. Em 2016, neste mesmo período, o nível era de 27,04 metros. De acordo com o Serviço Geológico do Brasil (CPRM), a redução ainda é considerada lenta, mas já sinaliza o início do período de vazante nos rios do Amazonas.

“Na calha central dos rios Solimões, Amazonas e Negro os níveis d’água têm descido de forma lenta e devem atingir as cotas mínimas em outubro”, disse ao G1 o superintendente do CPRM, Marco Antônio Oliveira.

No início do mês, os níveis do rio Negro variaram consideravelmente. Nos dois primeiros dias de julho a redução foi de apenas 1 centímetro. Na segunda-feira (3) e terça-feira (4), o Negro parou de descer. Na quarta-feira (5), ele baixou 3 centímetros e, quinta-feira (6), 4 cm. Já na última sexta-feira (7) baixou apenas 1 cm.

Do último sábado (8) até esta quinta-feira (13), a redução da cota do Rio Negro, em Manaus, foi mais intensa, variando de 2 a 3 centímetros diários e somou o total de 26 nos primeiros 13 dias de julho.

Chuvas

A oscilação na redução do nível do rio tem interferência das chuvas que ocorrem no hemisfério norte, segundo CPRM.

“Embora todas as calhas estejam em processo de vazante, a bacia do Rio Negro, principalmente na região de Barcelos até São Gabriel da Cachoeira, e em Roraima, encontra-se no auge da cheia. Isso contribui para que haja este comportamento do Rio Negro em Manaus. Ou seja, ainda existe um aporte de águas oriundas das chuvas que tem caído no hemisfério norte, que tem provocado a cheia naquelas regiões citadas e a oscilação do Negro em Manaus”, disse o superintendente.

Ele apontou ainda que as chuvas esperadas entre os meses de julho e setembro irão determinar a força da vazante deste ano. “Por enquanto a expectativa é de uma vazante dentro da normalidade”, analisou Marco Antônio.

A menor cota registrada no Negro ocorreu em 2010. No dia 24 de outubro o Rio Negro atingiu o nível de 13,63 centímetros.

Foto:Ive Rylo/ G1 AM