Reitor do Ifam é reconduzido ao cargo por mais quatro anos, em Manaus

AMAZONAS  O reitor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas (Ifam), professor Antonio Venâncio Castelo Branco, foi reconduzido ao cargo por mais quatro anos. A decisão – proferida por meio de decreto do presidente Jair Bolsonaro – foi publicada no Diário Oficial desta terça-feira (11).

O processo de consulta que decidiu quem estaria à frente do Ifam foi realizado em 4 de dezembro de 2018. Com 64,98 % dos votos válidos, a comunidade acadêmica decidiu por reconduzir o professor ao cargo.

Antonio Venâncio Castelo Branco é natural do Amazonas, graduado em Engenheira Civil pela Universidade Federal do Amazonas (Ufam) e mestre em Engenharia de Produção pela mesma instituição. Pela rede federal, licenciou-se na área de construção civil pelo Centro Federal de Educação Tecnológica do Paraná (Cefet-PR) e é pós-graduado em instalações prediais pelo Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (Cefet-MG). Atualmente, é doutorando da Universidad de la Empresa (UDE), em Montevidéu, no Uruguai.

O reitor está no serviço público há mais de 20 anos, tendo em sua trajetória a Escola Técnica Federal do Amazonas, no Centro Federal de Educação Tecnológica do Amazonas (CEFET/AM) e Instituto Federal de Educação.

Entre as conquistas estão também a criação do centro de capacitação de cães guia, o primeiro da região norte do País e a criação de mais dois novos Campi no Interior, um no município de Boca do Acre e outro no município de Iranduba.