Bando é preso acusado de dar golpe na Prefeitura de Autazes

O delegado interino da Delegacia Especializada de Crimes Contra a Fazenda Pública Estadual (Deccfpe), Rafael Cordeiro Soibelman, prendeu nesta terça-feira, dia 27, Loyana de Araújo Pinto, Cleiane Salgado e Antônio Neves de Aquino Siqueira.

O bando foi preso em cumprimento a mandados de prisões preventivas assinadas pelo juiz Cid da Veiga Soares Junior, da Comarca de Autazes.

De acordo com a autoridade policial, o grupo estava sendo investigado pela Deccfpe com apoio do Ministério Público Estadual (MPE) desde início do deste ano suspeito de aplicar golpe no processo de compras de bens de informática na prefeitura de Autazes.

“Eles são gestores de uma empresa que celebraram contrato com o município para o fornecimento de notebooks. O grupo recebeu os valores, mas não entregou os bens à prefeitura, causando um prejuízo de R$ 30 mil”, informou Rafael Cordeiro.

O delegado da Deccfpe informou, também, que Cleiane e Antônio foram interceptados na sede da empresa, localizada na Rua Dr. Moreira, região Central de Manaus.

“Loyana Araújo, por sua vez, se entregou na delegacia, onde recebeu voz de prisão. Ela tomou conhecimento do mandado de prisão e, acompanhado de advogado, procurou a polícia”, informou Rafael.

Após procedimentos policiais cabíveis, os infratores foram encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML) para exame de corpo de delito.

Rafael Cordeiro informou, ainda, que Antônio Neves foi encaminhado para o Centro de Detenção Provisório Masculino (CDPM) e as mulheres ao Centro de Detenção Provisório Feminino (CDPF), onde ficarão à disposição da Justiça. Com informações da assessoria de comunicação da SSP