Seguranças que prestam serviço na Arena da Amazônia ameaçam paralização.

Funcionários da Empresa prestadora de serviços de segurança (Visan) paralisaram os serviços por cerca de 2h nesta quinta feira 27, deixando desprotegido durante a paralisação aArena da Amazonia, a arena Amadeu Teixeira, e a Vila olímpica de Manaus, o motivo seria o atraso de 2 meses nos salários.

Em nota a Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel) esclarece que o recurso para pagamento da empresa terceirizada que presta serviço de segurança nos complexos esportivos gerenciados pela secretaria, está liberado. Entretanto, a empresa encontra-se com certidões negativas e o pagamento, assim, não consegue ser depositado.

O atraso contabiliza dois meses e em todo este período a Sejel fez questão de manter o diálogo com a empresa (Visan) sobre o fato, cobrando a documentação e deixando os funcionários cientes da negociação. Na manhã de hoje, a empresa se comprometeu a regularizar a documentação e, assim, o pagamento poderá ser feito até esta sexta-feira, dia 28.

Tentamos contato via telefone com a empresa Visan, para maiores informações mas não tivemos êxito.

Fonte: Sejel

Texto de Jamerson Silva.

Leave a comment

Deixe uma resposta